Digital clock

Alimentação da Gestante.



A dieta da gestante deve ser composta por nutrientes básicos.
A gestação muitas vezes é um período que altera o apetite das mulheres, algumas têm o apetite diminuído, outras se tornam mais vorazes, e ainda há aquelas que continuam a se alimentar como antes. Mas é essencial que as mulheres saibam a importância de uma alimentação correta durante a gravidez, já que possibilita o seu bom estado de saúde, bem como o desenvolvimento normal do bebê.

A gestante deve fazer várias refeições ao dia, assim as náuseas e vômitos, sintomas comuns no início da gravidez, podem ser diminuídos. As refeições podem ser distribuídas da seguinte forma: café da manhã, fruta (no intervalo), almoço, lanche da tarde, jantar e lanche da noite.

É importante incluir diariamente legumes, verduras e frutas na dieta. A carne magra também deve fazer parte de pelo menos uma das refeições principais.
É bom evitar frituras, doces, comidas muito temperadas, sal e refrigerante. Esse último pode prejudicar a absorção de ferro e de cálcio pelo organismo. Para a mulher que trabalha fora e tem como opções o restaurante por quilo ou a padaria, prefira alimentos quentes, tostados ou gratinados, para evitar risco de contaminações, uma vez que a temperatura alta é capaz de matar a maioria das bactérias.

A dieta ideal da gestante deve ser composta por nutrientes básicos como proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, minerais, água e fibras. Porém, o procedimento inicial para ajustar o cardápio é conversar com o médico, pois qualquer orientação nutricional dependerá de uma avaliação geral de sua saúde.

É indispensável também manter hábitos saudáveis, como evitar bebidas alcoólicas e praticar atividade física sob orientação de um profissional de saúde.
 
Por Patrícia Lopes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário