Digital clock

Alcachofra


Alcachofra

 A alcachofra, cujo nome botânico é Cynara scolymus L., é uma planta com folhas espinhosas, flores púrpuras e que pode atingir até 3 metros de altura. As grandes brácteas que envolvem as flores da alcachofra são as partes comestíveis. Originária do Mediterrâneo, no sul da Europa e norte da África, a planta é popularmente classificada como hortaliça. A alcachofra foi trazida para o Brasil pelos imigrantes europeus.

A planta é natural de climas temperados, rebrotando sempre após o inverno. As partes comestíveis, chamadas de escamas ou pétalas, apresentam uma base carnosa. As variedades da hortaliça são: Violeta de Proença, Roxa de São Roque, Verde Lion e Verde Grande da Bretanha. Em razão de ser uma planta típica de climas mais amenos, a alcachofra pode até se desenvolver em climas quentes, porém não forma os botões florais, ou seja, as partes comestíveis.

A hortaliça possui boas quantidades de vitamina A, C e sais minerais, como o ferro, o cálcio e o fósforo. A alcachofra também possui elementos eficientes que regulam o fígado, além de ser indicada nas dietas, em virtude de seu baixo teor calórico. Em virtude da quantidade de vitamina C presente na hortaliça, ela é indicada no combate a anemias e ao raquitismo.

A alcachofra é utilizada na culinária, no preparo de saladas. É aconselhável consumir a hortaliça rapidamente após a compra, uma vez que a mesma começa a perder suas qualidades após certo tempo. Os maiores produtores mundiais de alcachofra são a França, Itália e Espanha. No Brasil, os maiores estão concentrados no estado de São Paulo.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário